BLOG

Socialistas da América Latina discutem corrupção e transparência em evento no Rio

Noticias

A Coordenação Socialista Latino-Americana (CSL) se reúne nesta quinta-feira, 5, no Rio de Janeiro, para discutir corrupção e transparência em governos na América Latina. A CSL reúne 12 partidos e movimentos de orientação socialista de diferentes países.

O evento para debater “Os problemas dos governos de esquerda na América Latina: corrupção, transparência e mecanismos de controle social” terá início às 9h, no hotel Rio Othon Palace, com a presença do secretário-geral da CSL, Beto Albuquerque, e do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

A partir das 14h, os representantes partidários vão acompanhar palestras de Bruno Brandão, da ONG Transparência Internacional no Brasil, Gil Castelo Branco, fundador da ONG Contas Abertas, e do senador João Capiberibe (PSB-AP), criador da Lei da Transparência.

A Coordenação Socialista Latino-Americana (CSL) é uma organização internacional criada em 1980 com objetivo de debater temas comuns e articular iniciativas para fortalecer a tendência socialista.

Além do PSB, integram a CSL: Partido Socialista do Chile, Partido Socialista da Argentina, Partido Socialista do Uruguai, Partido Revolucionario Febrerista do Paraguai, Partido Socialista do Peru, Partido Socialista do Equador, Partido da Revolução Democrática do México, Movimento al Socialismo (MAS) da Bolívia, Partido Revolucionario Democrático do Panamá, Movimiento Progressistas de Colombia e o Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil.

O evento será transmitido ao vivo pela TV 40.

“Os problemas dos governos de esquerda na América Latina: corrupção, transparência e mecanismos de controle social”

Data: Quinta-feira, 5 de novembro
Horário: 9h
Local: Rio Othon Palace,Av. Atlântica, 3264 – Copacabana, Rio de Janeiro – RJ.

Assessoria de Comunicação/PSB